Restrições e impostos sobre bagagens de viajantes indo para Inglaterra ou Escócia

Depois de muitos meses, talvez anos, lá vai o brasileiro imigrante que mora no Reino Unido visitar o Brasil. É muita saudade da família, dos amigos, dos lugares, da comida!!! Após alguns dias, bem, a vida tem continuar. Então toca o brasileiro de volta para o Reino Unido levando um pouquinho de cada coisa do Brasil. Um lembrançinha aqui,  outra ali, um pote de palmito, uma rapadura, um pedaçinho de carne seca, etc.

Quando o cidadão tupiniquim chega em Heathrow, apresenta com orgulho o visto brilhante no passaporte azulzinho. Família, trabalho, estudo, whatever. O que importa é que ninguém vai implicar. Tô legal! Mas logo em seguida… Quem disse que podeia levar carne seca pro Reino Unido? Pois é, não pode. Tentou passar com aquele pedaço (afinal era pequeno) sem ninguém notar. Toma processo judicial. Então, não vacile! Confira aqui as limitações de bagagem para viajantes indo para o Reino Unido (Inglaterra, Escócia e Irlanda do Norte).

Excesso de bagagem

Excesso de bagagem

Alimentos proibidos

  • Qualquer tipo de carne ou produto que contenha carne
  • Qualquer tipo de leite ou produto derivado do leite
  • Produtos que contenham peixe, ovos, mel e alguns tipos de vegetais e frutas também sofrem limitações!

Outros produtos proibidos

  • Drogas
  • Armas, incluindo facas
  • Materiais indecentes ou obscenos
  • Produtos falsificados, pirateados ou de patente infrigida

Outros itens restritos (dependem de autorização antes da viagem)

  • Fogos de artifício
  • Explosivos e munição
  • Animais vivos e plantas em extinção  ( e produtos feitos deles)

Qualquer produto suspeito encontrado em sua bagagem poderá ser confiscado e destruído. Ao chegar no Reino Unido você terá a oportunidade de declarar os itens que está carregando. Caso você não declare algum produto proibido, você poderá ser processado, multado e dependendo do produto preso.

As regras são rigídas para evitar contrabando de drogas e a propagação de doenças que podem ser transmitidas existir nos itens acima.

Limites de impostos sobre bagagem

Se você chegar no Reino Unido vindo de um país fora da União Européia (incluindo ilhas Canárias, Channel Islands e Gilbraltar), você deverá pagar impostos de importação se sua bagagem conter mais de:

  • 200 cigarros, ou 50 charutos ou 250 grama de tabaco
  • 16 litros de cerveja
  • 4 litros de vinho comum (geralmente de até 13% de teor alcólico)
  • 1 litro de “cachaça/pinga” (ou qualquer outra bebida que contenha mais de 22 % de teor alcólico, ou 2 litros de vinho fortificado (que contenha menos de 22% de teor alcólico)
  • Você deverá respeitar um limite de £340 (libras) total para todos os outros items que transportar, incluindo perfumes e souvenirs.

Se você estiver carregando mais do que os limites acima, você DEVE declarar ao chegar no Reino Unido. Caso seja constado que você transporta mais do que o permitido, você poderá ser processado e seus bens destruídos. Menores de 17 anos não podem transportar produtos alcólicos ou feitos com tabaco.

Mais informações: http://www.ukba.homeoffice.gov.uk/travellingtotheuk

You may also like...

6 Responses

  1. ancomarcio vieira says:

    Ola boa tarde,

    Achei o seu site olhando coisa a respeito da Inglaterra parabens pelo seu trabalho alem de ser dificil manter uma pagina na internet vc tem de preocupar em publicar coisa para ajudar quem esta procurando, ajuda assim como eu.

    Roberto tenho 39 anos estou arrumando a minha cidadania italiana e quero embora do brasil para trabalhar e ganhar dinheiro e dar uma oportunidade para os meus filhos tambem a morar fora do pais para estudar e trabalhar aqui no brasil manter um filho no curso fica muito caro e eu como tenho 5 filhos e dificil. Faco uma pergunta aqui no brasil da para mim tirar uns 5.000,00 Mil reais por mes vc acha que ai falando nada de Ingles conseguiria um salario melhor.

    • Roberto says:

      Olá Ancomarcio,

      Infelizmente é impossível afirmar se você pode tirar um salário melhor ou não. Tudo depende do que você faz e do que você viria fazer aqui. A igualdade social faz com que a discrepância entre salários seja reduzida.

      Vou dar alguns exemplos, uma pessoa no Brasil ganhando 5 mil trabalhando com IT ganharia umas 2 mil libras por mes aqui (já tirando impostos). Enquanto alguem trabalhando como empregada doméstica no Brasil ganhando uns 400 reais por mês, aqui poderia ganhar umas 1.500 libras por mes trabalhando fixa em um lugar ou até muito mais se for certificada como professional cleaner e ter uma boa base de clientes.

      A língua com certeza influencia muito. Muitos brasileiros vêem sem conhecimento de inglês e acabam nas mãos de outros brasileiros que intermediam negócios e contratos de trabalho, passando a mão em boa parte do salário do trabalhador.

      Mas antes de tudo, você tem que ter em mente algumas coisas:

      1. Não é nada fácil, principalmente no começo. Quando você acaba de desembarcar no aeroporto, vc não conhece ninguém e só tem meia dúzia de roupas que não vão servir pra nada pois o frio é cortante. Tem que comprar tudo, desde meias até utensílios de cozinha, cama, mesa, sofá, casa, carro, etc. Vc já deve ter conquistado muito disso na sua vida e sabe o quanto é difícil.

      2. A crise afetou bastante o país e a taxa de desemprego aumentou. Isso siginifica que tem muito mais gente qualificada procurando emprego e menos gente comprando produtos e serviços. Acredito que daqui uns 2 anos o Reino Unido estará a todo o vapor, mas até lá vai ser mais difícil.

      3. Não é tudo que você conseguirá logo que chegar. Seus filhos e sua esposa terão vistos de dependentes. Para tirar o visto deles, o governo britânico exigirá que você demonstre que poderá trabalhar e sustentá-los sem pedir ajuda do governo. O visto deles é condicionado ao fato de vc sustentá-los sem pedir auxílio do governo. Ou seja, no início, vc não terá direito a benefícios como seguro desemprego, ajuda de custo por ter filhos, aluguel de residencia do governo ou universidades mais baratas. Vcs terão direito a coisas básicas como saúde e educação antes da faculdade. Após 5 anos, tirando um visto de moradia permanene (chamado “indefinite leave to remain”), vc e seus filhos passam a ter direito a praticamente tudo.

      4. Universidades e cursos particulares são pagos, mas o preço é baixo comparado com universidades brasileiras. Mas para pagar barato, o estudante tem que estar morando aqui há mais de 3 anos. Estudantes que estão há menos de 3 anos, pagam as chamadas “taxas internacionais” que chegam a ser tão caras quanto as universidades no Brasil. Algumas universidades exigem 5 anos de moradia e o visto de moradia permanente para o estudante não pagar as taxas internacionais.

      5. Multiplique todas as dificuldades por 5.

      6. Com certeza seu maior problema inicial seria encontrar um lugar para acomodar uma família tão grande. Os aluguéis são pra lá de caros. Geralmente famílias de 5 filhos, pedem auxílio para o governo, e chegam a residir em casas excelentes com 5 ou 6 quartos mas são pessoas que já residem há muitos anos no Reino Unido.

      7. Considere também a Itália. A Itália tem uma economia mais fraca do que o Reino Unido, mas talvez vc tenha mais direitos lá (assim que chegar) do que no Reino Unido. De qualquer maneira a língua não será fácil pra vc em qualquer lugar e no Reino Unido muitos direitos sua família só passaria a ter depois de 3 a 5 anos…

      Roberto

  2. leilian cristine says:

    Bom dia, adorei o site, mas confesso qu eainda não tive tempo de vê-lo melhor. Gostaria de tirar algumas dúvidas: A imigração é realmente chata como dizem? minha documentação tá ok, minhas passagens tbm, carta da escola onde vou fazer intercambio e tem até uma cartinha da empresa comprovando que eu tenho vinculo empregaticio no brasil. qto ao dinheiro tbm tá tudo certo, com certeza consigo me virar sozinha, será q mesmo assim podem recusar meu visto? outras duvidas: qual o limite de peso da bagagem? é fácil pegar algum transporte do aeroporto em londres até Bristol? Obrigada

    • Leilan,

      O nível de chatice na imigração depende do oficial que te atender. Pode ser que a pessoa nem olhe para você e simplemente carimbe o passaporte, ou pode ser que façam 500 perguntas… Mas geralmente, conforme relatos de muita gente, são 3 ou 4 perguntas….

      O limite de bagagem vc tem que verificar com a companhia aérea.

      De Heathrow a Bristol? Mais barato nessa ordem:
      1. Carona
      2. Carro alugado (o preço depende do período que vc vai ficar)
      3. Onibus (não sei se tem algum direto. Comece olhando no site da NationalExpress, Megabus, etc.
      4. Trem = http://www.nationalrail.co.uk
      5. Taxi. Se for de taxi, procure por Minicabs no setor de informações do aeroporto, pois são a metade do preço comparando com os taxis da porta do aeroporto. Mas prepare o bolso para pelo menos umas 200 libras. No mínimo…

      O mais facil é o taxi… mas o preço…

      Roberto

  3. eliete says:

    UMA DUVIDA,QUEM PAGA OS DIAS DE ATESTADO MEDICOS,A FIRMA QUE TRABALHO OU O GOVERNO:PORQUE FIQUEI DOENTE APRESENTEI O ATESTADO E NAO RECEBI NADA ATE AGORA.QUE ORGAO DEVO RECORRER?OBRIGADA.

  1. 9 de February de 2012

    …[Trackback]…

    More information here…