Os números da cidade de Londres

Se você quer entender Londres, entenda os seus números. Estes estão no valor da moeda, nos ônibus, nos resultados universitários e nas ruas, espalhadas em placas de aparência antiga.

Os ônibus. Quem mora em Londres, sabe que não se fala do ‘buzu’, como a gente diria lá em Salvador, pelo destino. Ao invés, refere-se a ele pelo número. O 24, por exemplo, vai de Pimlico a Camden Town – ida e volta.

As moedas. São de um valor irritante neste país. A cultura determina que até 1 centavo seja dado de trôco. O resultado são garrafas e mais garrafas cheia delas, no meu caso. As moedas de centavos no Reino Unido têm nomes diferentes. Um centavo chama-se Penny, e o seu plural é Pence. Ou seja, para 2 a 99 centavos. numbers

Resultados de testes e trabalhos na Universidade. A cultura universitária Brasileira é bem mais ‘generosa’ que a Inglesa. As notas no Reino Unido são geralmente entre 0 e 100. A média é 50. Uma nota boa é 60. A partir de 70, já é uma nota excelente. Ninguém tira mais de 80, ou quase ninguém. A diferença é que os mestres ingleses encaram os trabalhos e provas provenientes dos alunos de uma forma mais rigorosa. Pensam que uma nota deve representar um valor equivalente a um trabalho redigido por um mestre. Ou seja, as notas são como comparadas a um trabalho feito por um professor, um pesquisador, e por isso, quase nunca alcançam valores muito altos.

Os números das casas. Pouca gente sabe, mas antigamente, nas primeiras décadas do século passado, várias casas possuiam nomes, ao invés de números. Com o crescimento da cidade, isto se tornou inviável, mas ainda é possível ver em algumas, os seus nomes antigos. Em Londres, percebe-se logo a importância destes números. Qualquer endereço postal começa com eles. Número da casa, depois o nome da rua.

10 downing street. O endereço mais famoso do Reino Unido é o do primeiro ministro. Talvez isto seja porque o palácio da Rainha não tenha número, ou eu nunca pude achá-lo!

Emergência. Costumo dizer que Londres é uma cidade assustada. Isto se constata na falta de latas de lixo nas estações de metrô, para evitar ataques terroristas! O número de emergência para quase tudo é 999, como uma central que recebe a sua ligação e aciona o serviço que você precisa, tipo ambulância, polícia e outros.

População. Estima-se que Londres tenha 7 milhões de habitantes. Entender este número é algo complicado, por seu caratér transitório. Parece que a relação de pessoas chegando e pessoas indo embora é relativamente igual, de forma que este número cresce pouco com o passar dos anos.

Expectativa de vida. Segundo última pesquisa do Guardian, jornal inglês, a estimativa de tempo de vida é de em média 80 anos, o que significa um súbito crescimento, e tornou a geração pós guerra, um mercado ativo, centro da atenção de profissionais de marketing. Isto é resultado da qualidade de vida oferecida, mas ainda assim muitos preferem se aposentar em cidades à beira-da praia, como Brighton.

Os números da sorte. Por fim, os números que todos querem acertar são os da National Lottery, mas acho que isto é igual no mundo inteiro, só muda o nome ;D

You may also like...

5 Responses

  1. Oi,Breno gostei do seu blog,você pode me ajudar com um assunto familiar ai na Inglaterra
    Ja pedi pra varias pessoas mas ninguem nei se que responde,gostaria muito de reecomtrar meus parentes,pode me ajudar? obrigado.

  2. Olá ótimo conteúdo no seu blog e excelente trabalho desejo muito sucesso em sua caminhada e objeivo no seu Hiper blog e que DEUS ilumine seus caminhos e da sua família e aceitei você como amigo no diHITT
    Um grande abraço e tudo de bom
    Ass:Rodrigo Rocha

  1. 8 de August de 2010

    Sou louco, e daí(#1):Teoria dos 11…

    Muito interessante! Abraços……