O fim do verão

Estava no trajeto para o trabalho hoje pela manhã, quando vi de soslaio uma matéria no Metro (famoso jornal gratuito distribuido no Underground em Londres), repousando nas mãos de uma inglesa, que dizia assim: it’s official, summer is over.

LondresPensei brevemente em retrucar, mas lembrei-me do frio que senti ao sair do chuveiro e do cinza que cobria o céu ao abrir a janela. Lembrei-me então de forma súbita do significado disso, em Londres.

Os festivais de música se despedem, os festivais de cinema perdem o ar de evento de fim de tarde ensolarada, o Proms da BBC diz adeus (no dia 11 de Setembro), e até o X-Factor já começou.

Estes sinais de fumaça são as primeiras folhas caindo dentro de mim. Assim como o Outono europeu, quando as folhas se despedem das árvores e cobrem as ruas, projetando avenidas de árvores nuas, eu também me preparo para invernar.

Noites se fazem às 4 e meia da tarde, e a gente se cobre com casacos e mais casacos para enfrentar a baixa temperatura.

Lembro de quando cheguei, ainda vindo de Salvador, onde frio é sinônimo de muita chuva apenas, onde sequer desconfiamos da real tradução da palavra ‘cold’, que pensava que seria impossível viver nestas temperaturas. Agora, vejo todo um encanto no frio Londrino. São os chocolates quentes, a neve, as reuniões em casas de amigos.

Sim, o verão chegou ao fim. Pelo menos até outro ano chegar e o oito da continuidade alcançar o seu limiar outra vez. Em 15 dias, direi bem alto, bem-vindo Outono, abra espaço para o vento congelar as nossas ruas.

You may also like...

2 Responses

  1. Marcelo Prati says:

    Texto bacana Breno. Parabéns.

  1. 9 de February de 2012

    …[Trackback]…

    Additional post…