Dicas para economizar na Inglaterra

Muitas dicas não servem somente para a Inglaterra. Servem para qualquer lugar no mundo. Mas algumas são bem específicas para quem vive na Inglaterra, seja em Londres ou não. Devido ao fato de as pessoas no Reino Unido serem muito mais consumistas do que no Brasil e a concorrência entre produtos ser accirrada, é possível encontrar muito mais oportunidades de pagar menos pelos mesmos produtos.

  • Caso esteja estudando, solicite um cartão de estudante. As passagens de trem/metrô são mais baratas e existem muitos descontos para teatros, museus, restaurantes, etc.
  • Procure utilizar transportes alternativos como bicicletas ou patins. Em muitas linhas de trem são aceitas bicletas, e existem alguns modelos dobráveis que são bem fáceis de carregar.
  • Aprenda a comprar em casas de leilões. Nos leilões você poderá encontrar fantásticas barganhas. Vá em alguns somente para conhecer. Comece a comprar produtos pequenos para apreender. Você poderá encontrar leilões que vendem desde meias e cuecas até carros e casas. Geralmente tudo mais barato do que em lugares convencionais.
  • Nos supermercados, procure por marcas de produtos do próprio supermercado. Muitas tem a mesma qualidade de outras marcas e o preço é muito menor. Geralmente ficam nas prateleiras mais próximas ao chão.
  • Em Londres, evite a todo os taxis pretos “black cabs” (os tradicionais de Londres). Eles são muito mais caros. Procure telefones de “mini cabs”, que são taxis pré-agendados por telefone. Tem muitos que atendem Londres inteira, levam de 5 a 15 minutos para chegar até você após chamá-los, geralmente cobram a metade do preço dos taxis comuns e podem até sair mais baratos do que o metrô caso sejam mais de 2 pessoas viajando. O operador lhe dirá o preço por telefone. Para a maioria dos “mini cabs”, a ligação é gratuita.

    Economizar dinheiro na Inglaterra

    Economizar dinheiro na Inglaterra

  • Procure nos supermercados por produtos que vencem no mesmo dia ou no dia seguinte. Geralmente eles ficam separados e etiquetados como: “Reduced to clear” (Reduzido para limpar). Ou seja, o preço é reduzido (a muitas vezes para menos da metade do preço) para que sejam rapidamente comprados.
  • Compre roupas em grandes lojas e supermercados para o ano que vem. Tente comprar as roupas do inverno no começo do verão e as roupas de verão no começo do inverno. Grandes lojas e supermercados chegam a reduzir as roupas a preços irrisórios, pois precisam limpar as prateleiras para colocarem as novas coleções. Lembre-se que o consumismo é exarcebado no Reino Unido, e as lojas precisam livrar-se de estoques o mais rápido possível.
  • Nunca compre produtos recém lançados, a não ser que seja essencial. Dependendo do produto, após 6 ou 12 meses o mesmo poderá estar sendo vendido por medade do preço, ou até menos.
  • Para viajar procure empresas aéreas de baixo custo como Ryanair e EasyJet, mas tome muito cuidado com taxas adicionais para bagagens, comida, etc. E não se esqueça que essas empresas geralmente operam em aeroportos distantes dos grandes centros, mas em muitos lugares existem ônibus baratos (desde que pré-agendados) para os aeroportos. Ex: megabus.com e easybus.com.
  • Não gaste muito com livros e DVD’s. Se vc é fanático por filmes e livros, procure uma biblioteca. Muitas oferecem excelentes opções de graça.
  • Não pague TV a cabo (Sky, Virgin, Tiscali, etc). Para ter mais canais de TV compre um receptor de satélite no eBay (talvez sua casa/flat até já tenha a antenna da Sky) e instale você mesmo. É simples e você terá acesso a praticamente todos os canais do pacote convencional das TVs pagas, inclusive a Record em português. (Não se anime muito, o TV Licensing terá que ser pago da mesma forma.)
  • Tome cuidado com as contas de energia elétrica e gás no inverno. Os aquecedores consomem uma fortuna. Dê preferência a casas com controle de aquecimento programável por hora. Ou seja, você programa para o aquecedor ligar somente nos horários que você está em casa.
  • Antes de sair para comer, procure na internet por vouchers. Alguns sites como moneysavingsexperts.com listam dezenas de vouchers de restaurantes que podem cortar a conta na metade.
  • Procure também por comunidades na internet que discutem promoções de produtos, como por exemplo o hotukdeals.com.
  • Procure na internet por barganhas em sites como eBay e GumTree.
  • Praticamente tudo o que você precisa para sua casa e para você também é vendido nos supermercados. Procure nos catálagos em texto ou na internet os produtos que você precisa. É simples e rápido de achar.
  • Ao contrário das roupas, alguns produtos são mais caros quando vendidos fora da estação. Lojas como Halfords, HomeBase, etc são especializadas em vender produtos mais caros fora da estação certa. Ou seja, se você for no inverno comprar uma churrasqueira no HomeBase provavelmente pagará uma fortuna por um modelo simples, pois durante o inverno você não encontrará outros lugares vendendo o mesmo produto. Se for no Asda comprar a mesma churrasqueira no meio do verão provavelmente você pagará a medade. E talvez você pague apenas 30% do preço da churrasqueira, se for comprar no Tesco quando ela estiver em “Reduced to clear” no outono para limpar as prateleiras.

    Economizar na Inglaterra

    Economizar na Inglaterra

  • Se você precisa muito de algum eletrônico ou eletro doméstico , como uma tv ou uma geladeira, conte para todo mundo. Muita gente troca frequentemente os eletro domésticos e joga fora os antigos, mesmo funcionando. Se você não tiver pudor e dinheiro, pode ir a grandes centros de reciclagem. Geralmente eles possuem espaços ondem as pessoas depositam eletro domésticos (geralmente ainda em bom estado) que pode simplesmente ser levados para casa por qualquer um (desde que consiga carregar). Algumas pessoas publicam anúncios no GumTree, informando que você precisa apenas retirar o produto, mas geralmente a concorrência é grande.
  • Procure se informar no council quais os benefícios que você pode ter dependendo do seu salário, visto e tamanho da sua família. Podem ser desde descontos em piscinas públicas até cursos gratuitos e aluguel subsidiado pelo governo.
  • Caso você esteja procurando emprego para fazer qualquer coisa, vale tentar alguma vaga em grandes supermercados (não serve em pequenos). Geralmente você terá descontos em compras e sempre verá produtos sendo vendidos por preços irrisórios, que podem ser úteis para você.
  • Caso esteja trabalhando ou estudando em tempo integral, faça sua própria marmita. Por mais sofisticada que seja sua empresa, não é vergonha nenhuma carregar uma marmita. É super comum em escritórios as pessoas comerem em marmitas nas suas próprias mesas. Economiza e a comida é melhor.

You may also like...

5 Responses

  1. Michel Lyra says:

    Muito bom, para que esta indo (que é meu caso) e para quem já está ai, dicas valiosas, obrigado por compartilhar.

    Abraços

  2. Ana Farias says:

    Fantastica materia.
    Gosto desse site por conter informacoes importantes.
    As vezes pensamos saber tudo…e sempre existe uma surpresa ao abrir o site.
    abracos

  3. Mauro Janostiac says:

    Excelente o artigo principalmente para quem está de malas prontas como eu (vou em setembro). Só falta mesmo encontrar uma comunidade, informações, indicações, sei lá de brasileiros que estejam se programando para morar em UK e poder dividir a mais árdua despesa: acomodação. Com certeza uma parceria para isso seria o ideal.
    Abraços,
    Mauro

  4. Achai muito bom… parabéns…
    cada dia gosto mais do site!

  5. Brazilian says:

    Excelentes dicas, só para adicionar: se tiver sem grana procure fazer compra nos Charity Shops, eles vendem roupas semi-novas por um preço ótimo, alguns charity shops vendem outros produtos, de jóias até sofá.