Custo de vida em Londres (exemplos)

O custo de vida na Inglaterra (mais particularmente em Londres) é considerado um dos maiores do mundo, quando comparado com outras capitais de países desenvolvidos. Antes de viajar a passeio, trabalho ou até mudar para o Reino Unido, você deve considerar muito bem o quanto você tem de dinheiro disponível (ou quanto ganhará) e quanto você aproximadamente gastará no dia-a-dia em Londres.

Não se esqueça também da conversão da moeda. Os custos mostrados abaixo estão em libras esterlinas (£££). Utilize um conversor de moedas para convertê-los para sua moeda atual (Reais, por exemplo). Não se esqueça também de que bancos e outras instituições financeiras sempre cobram uma comissão quando a conversão de moeda é realizada.

Geralmente, você deve preparar-se para os seguintes custos:

  • Acomodação
  • Alimentação
  • Transporte
  • Lazer
  • Custos iniciais

Independente do motivo da sua viagem, é importante que você tenha ao menos idéia de quanto irá gastar e quais estratégias você poderá utilizar para reduzir ao máximo o seu custo, principalmente quando podemos nos deparar com conversões de moedas onde os Reais valem muito, mas muito menos do que as libras.

No Reino Unido (principalmente em Londres), dividir casa com pessoas desconhecidas e utilizar o transporte públicos são formas muito populares para reduzir o custo de vida.

Os custos abaixo são baseados em médias encontradas em Londres, e podem variar para cima ou para baixo, de acordo com o estilo de vida, opcão escolhida, localidade, condições de uso, etc.

Custo de vida em Londres

Custo de vida em Londres

Custo médio de moradia em Londres (aluguel)

Custo dividindo com alguém um flat por mês (geralmente você fica com um pequeno quarto e o restante do flat é compartilhado). Prática conhecida em inglês como Flat Share.

Solteiro: de £ 280 a £ 500
Casal: de £250 a £690

Aluguel mensal de um flat de um quarto (sem dividir com ninguém)

De £650 a £900

Os preços de aluguéis tendem a ser menores em pequenas cidades afastadas dos grandes centros (ex: Londres). O aluguel de uma casa de 3 dormitórios com 2 vagas de garagem, grandes espaços internos, quintal, etc. pode sair entre £650 e £900, mas caso você trabalhe ou estude em Londres, o tempo e o custo de transporte pode inviabilizar o aluguel menor. A mesma casa de 3 dormitórios em Londres pode ser encontrada por preços de £1500 a £3000 por mês.

Custo de alimentação em Londres (Comidas e bebidas)

Média semana de supermercado (incluindo comida, produtos de limpeza e bebidas para 2 pessoas) = £60

Média de preço de uma refeição em um pub  (para uma pessoa) = £6 a £10

Média de preço de uma refeição em um restaurante  (para uma pessoa) = £12 a £20

Copo de chopp (em inglês “Pint”) = £2.50 a £3.50

Garrafa de vinho simples = £10

Existem formas de reduzir o custo com alimentação, principalmente devido à concorrência e grande frequência de promoções realizadas em supermercados e restaurantes.

Custo de transporte em Londres

Cartão de viagem semanal para o metrô de Londres (Zona 1 a 6) = em torno de £40

Litro da gasolina = de £1.10 a 1.30 (confira preço atualizado no site www.petrolprices.com)

Viagem de trem para Edimburgo na Escócia = £ 110 (preço varia conforme dia, horário, etc.)

Viagem de trem para Brighton (“praia”) ou Cambridge = £20 (preço varia conforme dia, horário, etc.)

Preço médio de aluguel de carro pequeno= de £ 13 a £20

Vôo ida e volta para Madrid (Espanha) = de £10 a £100 (depende da companhia aerea, dia, horario, etc)

Viagem de trem ida e volta para Paris = £125 (preço varia conforme dia, horário, etc.)

Custos de lazer e entretenimento em Londres

Cinema por pessoa: de £7 a £12 (depende do cinema, se o filme é 3D, etc.)

Teatro do West End de Londres por pessoa: £25+ (depende do teatro, da peça, do dia, etc)

Entrada para Club/Pub (com música e dança): £5 a £20 (depende do lugar)

Música ao vivo e concertos: a partir de £10 (depende do cantor, lugar, dia, etc)

DVDs de filmes e músicas: entre £1 e £10 (depende da data de lançamento, do título, etc)

Aluguel de filmes recem lançados: £3.50

Custo de vida na Inglaterra

Custo de vida na Inglaterra

Custos iniciais de mudança caso você planeje ficar por muito tempo em Londres

Como em qualquer mudança ou viagem de longa estadia, existem custos iniciais que podem simplesmente fazer a limpa na sua carteira caso você não planeje bem. Geralmente os custos iniciais incluem:

  • Acomodação assim que você chegar. Talvez você tenha que ficar inicialmente em um hotel ou albergue, caso não tenha ainda um lugar alugado por um longo tempo.
  • Depósito do aluguel e taxas imobiliárias. Geralmente é comprado um aluguel e meio de depósito e taxas imobiliárias para o aluguel de qualquer residência. As taxas imobiliárias geralmente variam de 10 a 30% do valor do aluguel. Tudo depende da imobiliária escolhida.
  • Transporte. Procurar um lugar para dormir e procurar emprego podem exigir diversas viagens de trem ou metrô.
  • Telefone celular. Tente levar consigo um telefone celular desbloqueado. Ao chegar, basta comprar um sim card de qualquer operadora. Caso seu celular tenha Skype, você poderá economizar uma boa grana para falar com seu amigos e família na Inglaterra e no Brasil.
  • Internet. Prepare-se para pagar de £1 a £3 por hora em internet cafés. Você provalvemente precisará, e muito para procurar emprego, moradia, etc.
  • Taxi. Evite a todo custo os taxis pretos (os tradicionais de Londres), principalmente saindo do aeroporto. Eles são muito mais caros. Procure telefones de “mini cabs” no balcão de informações do aeroporto.
  • Roupas. Leve roupas essenciais para entrevistas de emprego e para o dia-a-dia. Pesquise bem por um tempo antes de sair comprando roupas em qualquer loja. Você pode se surpreender com as barganhas que você encontrará com o passar do tempo.
  • Alimentação: Enquanto você não conhece os melhores lugares para almoçar e jantar evite ir a muitos restaurantes nos primeiros dias, ou você acabará gastando uma fortuna. Vá aos supermercados e compre lanches ou pratos prontos de microondas (“ready meals”) que são muito mais baratos e não dão trabalho algum para fazer.

You may also like...

40 Responses

  1. gostaria muito de receber a receita do feijao com salsicha do cafe da manha ingles queria fazer aqui em casa, meu marido foi a londres a passeio e trouxe pra mim uma lata do feijao.obrigado.

    • Juliana,

      Acredito que a lata de feijao que o seu marido levou é o “baked beans”. Se for o mesmo que estou pensando, então basta vc esquentar no microondas ou no fogo por alguns minutos. A salsicha é diferente da brasileira. É uma salsicha do tipo inglesa. Talvez vc encontre no supermercado alguma parecida entre as salsichas importadas (principalmente da alemanha). Alem da salsicha e do feijao, o cafe da manha ingles tem alguns outros ingredientes como ovos, bacon, cha, etc… Tem um artigo aqui no site descrevendo melhor a iguaria….

      Roberto

  2. Victor Garcez says:

    Roberto,

    Tenho muito interesse na inglaterra, escolhi como destino da minha ida a europa e para ficar. Roberto como notei vc tbm esta na area de TI. E gostaria como esta o mercado por ai se puder me atualizar.
    E obvio como é para um brasileiro devo encontrar problemas para arrumar empregos. Claro que estou pronto para outros serviços. (obs. Pretendo me naturalizar Portugues) Isso me daria direito de permanecer ai certo?

    Bem se puder me atualizar sobre o mercado de TI. Ou mesmo adicionar esse endereço de email na sua lista de MSN Ficaria muito agradecido poz estou no meio dos meus planejamentos de ir para ai.
    Obrigado

    • Victor,

      Sim, a nacionalidade portuguesa te dá o direito de permanecer no Reino Unido. É o mesmo caso que o meu. Também tenho nacionalidade portuguesa.

      Fique ligado no site que em breve estarei publicando alguns artigos sobre emprego na área de IT no Reino Unido.

      Roberto

      • Victor Garcez says:

        Sim ja virei visitante assiduo do site.
        Estou tentando tirar a naturalizacao, sendo que meu bisá-vo que era portugues no caso meus bisavós. estou tendo apenas dificuldade para conseguir os documentos.

        Vc sabe como posso conseguir os documentos dos meus bisavós entrei em contato com o consulado portugues. Eles dizem que preciso de Nome Filiacao Cidade, estou tendo problemas com isso pq nao tenho a filiacao deles. se tiver alguma dica para mim fico agradecido,

        Saiu meio confuso.

        Vlw obrigado.

        • Victor,

          Você já tentou ligar no Registro Civil da cidade em Portugal que seus bisavós nasceram? As vezes eles passam esse tipo de informação por telefone. Outro lugar que possivelmente tem esse registro é a igreja (se eles casaram-se na igreja) da mesma cidade.

          Roberto

          • Victor Garcez says:

            Outra duvida que eu tenho.

            Se tenho direito a Naturalização. como fui informado.

            Tenho como fazer isso direto do brasil para depois ir para a europa?
            Sei que a naturalizacao demora um pouco mas nao gostaria de IR pra nacionalizar-me depois voltar denovo gostaria de ir para ficar direto.
            Arrumar emprego e me estabelecer

            Mais uma vez obrigado

            • Victor Garcez says:

              Corrigindo.

              Para me naturalizar-me…
              Preciso estar na europa?

              e se eu for existe meios de eu ficar até a naturalizacao sair?

              • Victor,

                O termo “europa” é muito genérico. Tudo depende do país, de suas leis e do tipo de naturalização que você deseja solicitar. Por exemplo, em casos de naturalização portuguesa por casamento precisa estar vivendo por mais de 3 anos em Portugal.

                No seu caso, como é naturalização por descendência sanguínea não. Mas não tenho certeza se você realmente pode obter a naturalização, pois de acordo com o consulado Português em SP, Portugal não permite a naturalização de bisnetos de portugueses maiores de idade. (Que acredito que é o seu caso!).

                Clique aqui para ver as opções para obter a nacionalidade portuguesa de acordo com o consulado português em São Paulo.

                Caso você tenha direito à naturalização por descendência sanguínea, não há necessidade de residir na Europa. Eu mesmo fiz todo o processo no Brasil, antes de mudar para Europa.

                Se você mudar para a Europa você deverá ter algum visto (estudante, trabalho, etc) para viver legalmente. A nacionalidade européia (e o visto de nacional europeu que dá direito a tudo) só é reconhecida depois de você obter o passaporte europeu. Sem o passaporte europeu, em qualquer lugar da Europa você precisará ter outro visto para viver legalmente.

                Roberto

  3. Victor Garcez says:

    entendi tenho batido muito de frente sobre o visto de bisnetos nacionalizar-se tenho lido em varios sites, e alguns sites dizem que sim eu posso me naturalizar e alguns dizem que posso tirar dupla nacionalidade porem outros dizem que nao… esta dificil fui ao consulado e o consulado disse que so posso fazer isso diretamente por portugal.

    Dai vem a duvida para mim ter visto de trabalho o que seria necessario?

    O visto de estudo eu entendo como conseguir posso entrar em um intercambio do brasil e conseguir ir para a inglaterra. (POREM) é de suma importancia que seja portugal??? meu interesse maior esta na inglaterra. Posso vir a ir a inglaterra por uma escola e tentar a naturalizacao assim? estando na inglaterra?

    • Victor,

      Desconheço essa informação sobre obter a naturalização em Portugal sendo bisneto de português e não sei te dizer se você precisa estar residindo em Portugal para solicitar esse visto. Independente do site, considere como verdade apenas o que foi escrito pelo governo português em páginas de consulado ou orgão governamentais. As leis mudam o tempo todo e muitos sites são desatualizados sendo necessário confirmar a informação junto ao governo.

      Para a Inglaterra, você precisa preencher vários requisitos e ter uma empresa disposta a te contrarar para obter o visto de trabalho de 2 anos. Tem bastante informação sobre o assunto aqui no site. Existem também empresas que contratam temporários apenas para o verão.

      Não sei detalhes da naturalização de bisnetos, mas pelo pouco que sei do governo português, muitos pedidos são “mais fáceis” se você reside há alguns anos em Portugal. Para o governo português dá na mesma se você reside na Inglaterra ou no Brasil. É fora de Portugal.

      Roberto

      • Victor Garcez says:

        Roberto,

        Obrigado vc vem sendo mto esclarecedor.
        Porém eu ja praticamente decidi que vou para a europa em 3 anos.
        Gostaria de dicas. Bem como nao vou poder tirar a naturalizacao.
        Qual seria o melhor modo de eu ir com um visto de estudante e tirar o visto de trabalho ai?
        Ou tentar ir com um visto de trabalho diretamente?
        Gostaria de informacoes meio que pessoais. O que vc acha melhor. Considere que eu ja defini isto. Obrigado!

        • Victor,

          O melhor modo sempre vai depender de quais são seus objetivos. Uma vez que você venha para o Reino Unido com visto de visitante ou de estudante, você não poderá trocar seu visto por um de trabalho. São poucos os vistos que podem ser obtidos já estando no Reino Unido.

          Se sua intenção é mudar-se permanentemente para o Reino Unido, as melhores formas seriam com passaporte europeu ou com visto de cônjuge de alguém de nacionalidade britância. Vir com qualquer visto e trocar quando estiver aqui parece fácil mas não é! Por isso que têm tanto brasileiro sendo deportado. O povo vem como estudante ou visitante, fica ilegal comendo o pão que o diabo amassou pq não consegue trabalho por não ter visto e no fim é deportado pelo governo.

          Na MINHA opinião pessoal eu considero que se a intenção é sair do Brasil para melhorar de vida, ter melhores oportunidades de emprego, viver em um lugar mais seguro, etc a Europa é uma excelente opção caso seja possível obter a nacionalidade européia ou ser cônjuge/dependente de alguém que tenha nacionalidade européia ou ter mais de 200. Caso não seja possível uma dessas duas alternativas, o melhor então é procurar por outros países que são mais abertos à imigração, como por exemplo Canadá e Austrália.

          Penso assim porque mesmo os vistos de trabalho, estão cada vez mais restritos e difíceis de serem obtidos.

          Também NUNCA considere vir para o Reino Unido como ilegal, ou vir com visto de visitante/estudante e ficar ilegal até conseguir um visto melhor… Aqui você precisa apresentar seu visto para ser contratado por uma empresa, para ir ao médico, tirar carta de motorista e em alguns casos até pra alugar uma casa.

          Espero ter ajudado,

          Roberto

  4. Rafael says:

    Ola Roberto,

    Primeiramente parabéns pelo site, estou pensando em ir com minha noiva para a Escócia e seus artigos estão sendo de grande ajuda, especialmente este, ja que custos são nossa maior preocupação.

    Estamos particularmente com dúvidas em relação aos custos de moradia.

    Vimos casas próximas de Edinburgh com valores mensais em torno de £350 a £400.

    No entanto estamos tentando descobrir o que mais implica valores de moradia, quer dizer, temos aqui no Brasil que incluir custos como: água, luz, gas e condomínio em alguns casos, além do valor do depósito e assinar um contrato de 30 meses.

    Você saberia nos informar como funcionaria isso por aí?

    ps.: Aguardo ancioso por seus artigos sobre empregos na área de IT no Reino Unido.

    Mais uma vez muito obrigado ;)

    • Rafael,

      Sempre considere a possibilidade de você pagar um pouco a mais do que foi anunciado. Muitas imobiliárias colocam anúncios mais baratos para atrair público. Quando você chega lá, eles falam que já foi alugado mas eles têm outras casas que são 50 libras mais caras. É claro que tudo depende do lugar, do tamanho da casa, etc.

      É complicado fazer dos custos de utilitários pois depende de cada pessoa, do que você tem na sua casa, da empresa que fornece e dos seus hábitos de consumo. Mas vou citar meu exemplo que talvez ajude. Moro somente com minha esposa, num terraço de 2 dormitórios com aquecimento central a gás e um número razoável de eletro eletrônicos.
      Nossas contas só vem a cada 3 meses e para cada 3 meses variam em torno de:
      Gás: 190 libras (ou seja, em torno de 63 libras por mes)
      Eletricidade: 60 libras (ou seja, em torno de 20 libras por mes)
      Água: 120 libras (ou seja, em torno de 40 libras por mes)
      Council Tax (No brasil é conhecido como IPTU): £ 1000 libras por ano

      Dificilmente você encontrará lugares em que você terá que pagar condomínio.

      O depósito do aluguel varia de 1,5 a 2 alugueis, dependendo da imobiliária, mas geralmente tb são cobradas diversas outras taxas na assinatura do contrato, que na maioria dos casos varia de 300 a 400 libras. (Contrato, limpeza, inventário, etc).

      Os contratos de alugueis geralmente são negociados para 6 meses ou um ano. Nunca vi contratos de aluguel residenciais de 30 meses aqui. Te recomendo a pedir 6 meses. E se o “landlord” topar abaixar o preço você pega um ano.

      Depois a renovação é automática e por lei, eles não podem cobrar mais nada… E se quiser, depois de um ano vc fica livre pra sair sem pagar multa.

      Roberto

  5. Lucas says:

    Roberto

    só para ter uma ideia de salario minimo em londres , se trabalhar cerca de 35 a 40 horas semanais em um restaurante ou fabrica… quanto ganharia ?

    PS : otimas todas suas dicas , aproveitei bastante coisa

    • Lucas,

      Para maiores de 21 anos o salário mínimo no Reino Unido (hoje) é £ 5.93 por hora.

      Caso você negocie o salário anual (é geralmente a forma negociada) o valor fica em torno de 12 mil libras anuais. Alguns estabelecimentos comerciais pagam mais, ente 16 e 18 mil. Tudo depende da empresa, lugar, o que vc vai fazer, etc.

      Se for algo que requer especialização, provavelmente o valor é bem maior…

      Roberto

  6. tiago Seger says:

    Ola Roberto quero morar em Londres ilegal, ja tentei nacionalidade de tudo quanto e jeito, tenho um bisavo que veio da Alemanha mas eu peguei a parte materna e o consulado alemão não liberou. Pois bem vou entrar como turista porque se eu ficar como estudante e muito caro, então não ha outra alternativa anão ser ficar ilegal.
    Se alguma empresa de Londres me contrata-se mas não sei a onde posso ver isso.
    Por este motivo que ir para Londres ilegal e arrumar um emprego ilegal… você sabe me dizer quanto eu ganharia em torno e lugares que posso buscar isso me add no msn é tiagosegergoncalves@hotmail.com

    • Tiago,

      Por que você não imigra para outro país que tem maior aceitação e impoem menos dificuldades para vistos? Ex: Canada, Nova Zelandia e Australia?

      Não sei quanto uma empresa ilegal paga, mas provavelmente é uma valor que não cobre nem suas despesas de sobrevivência.

      Sendo Ilegal você tem problemas para obter assistência médica, não consiguirá ser contratado por nenhum empresa descente, tem que correr da polícia o tempo todo e corre o risco de perder tudo o que tem assim que for pego.

      Se você realmente está disposto a enfrentar qualquer coisa para mudar-se para um país desenvolvido, é melhor então você fazer o processo legal para outros países que têm as portas mais abertas para imigrantes.

      Roberto

  7. Sonia says:

    Ola Roberto , eu sempre leio seu blog , eu ja tentei ver alguma resposta em relacao a minha duvida , mas nao encontrei , por isso resolvir escrever
    meu caso eo seguinte , eu conheci um ingles pela internet em abril deste ano , em outubro eu estive em londres para conhece-lo , entao agora ele quer que eu volte em abril , a principio para ficar 6 meses , se eu tiver sorte de na imigracao eles me dar esse tempo , na primeira vez eu ia ficar somente 15 dias e eles caribar meu passaporte com 6 meses , mas eu fiquei somente os 15 dias , o problema e que nao posso ir com o visto de noiva uma vez que meu namorado ainda nao e divorciado , entao eu gostaria de saber de voce qual seria a melhor maneira de ir , como visitante ou outro , desde que seja legal , pois tanto eu como ele queremos tudo legalizado , mas o divorcio ainda demora uma vez que ele so tem um ano que e separado , e ele me informou que o divorcio so e concedido apos 2 anos de separacao , eu tenho receio de em abril eles me dao menos tempo , eu nao quero ficar ir e voltando , meu namorado aconselhou que quando meu visto vencer eu sair da inglaterra e ir para a franca ou noruega , e voltar para a inglaterra depois , outra duvida minha e se tem um tempo para ir para o país , por exemplo eu sair da inglaterra e ir para noruega , ficar 2 meses na noruega e voltar para a inglaterra , ele quer ficar fazendo isto ate que o divorcio seja finalizado , ele disse tambem que e uma maneira de provarmos as autoridades que queremos ficar juntos , desculpe tantas questoes , mas eu realmente nao sei onde buscar ajuda
    obrigada por qualquer esclarecimento que voce possa me dar

    • Olá Sonia,

      Essa estória de ficar 6 meses, sair do país, voltar e renovar o visto de visitante por mais 6 meses geralmente não funciona!

      Pessoas fazendo isso são um dos principais alvos dos oficiais de imigração no Reino Unido. Todo ano, mais de 6 mil brasileiros são deportados. Uma grande parte por suspeita de tentarem fazer exatamente o que você disse.

      Fazendo o que vocês planejam, você não terá direito a trabalhar, estudar e poderá ter problemas até com assistência médica. Se ficar ilegal, (o que é provável) vc também terá que “evitar” a polícia. Se vc for pega, vc possivelmente terá dificuldades para conseguir seu visto de esposa (provavelmente não será negado, mas o processo pode ser mais demorado). Isso sem contar o risco de ser deportada de volta ao Brasil do dia para a noite.

      Por que você simplesmente não espera um pouco mais ou combina com seu namorado para ele viver por uns tempos no Brasil até regularizar sua situação? Ou talvez em outro país da Europa, aproveitando as leis européias?

      Roberto

  8. Sonia says:

    Obrigada Roberto ,
    mas eu não tenho intenção alguma de viver ilegal no Reino Unido , mas agora meu namorado procurou um advogado , se a ex mulher concordar com os termos do divorcio isto pode ser mais rapido talvez em cinco meses , iremos aplicar o visto de noiva , eu acho que esse no nosso caso e o mais provavel .

    ele realmente nao pode vir para o Brasil por causa de seu trabalho , seria mais facil eu ir , aproveitando , voce poderia me informar se eu posso ir como visitante e depois de estar ai eu mudar o visto para noiva ou companheira , algo assim ???

    obrigada , fique com Deus !

    • Sonia,

      Se você não tem intenção de viver ilegal, então tome precauções para que isso não aconteça. Se você viajar como visitante e o divórcio do seu namorado atrasar, você provavelmente ficará ilegal. O divórcio dele é algo que não depende de você para ser resolvido, mas que influenciará totalmente na sua vida (positivamente ou negativamente). Tome cuidado!

      O HomeOffice deixa público que o visto de noiva tem que ser aplicado fora do Reino Unido e geralmente dificulta muito processo de troca de visto de visitante para outra categoria qualquer. O HomeOffice inclusive deixa bem claro que você não pode vir como visitante e estando no Reino Unido mudar de visto para casar e continuar morando no país: “If you want to come to the UK to marry or register a civil partnership with someone who is already living here, and you intend to stay in the UK afterwards, you cannot apply as a visitor.”

      Caso venha como visitante e realize o casamento, não significa que você não consiguirá o visto de Conjuge, mas provavelmente terá mais dificuldades, precisará de ajuda de advogados, e o processo será mais burocrático, demorado e caro.

      No momento, algumas regras com relação estão mudando por conta de processos judiciais abertos contra o HomeOffice de casais em que o imigrante entrou como visitante e tentou casar. Mas por enquanto ainda é muito mais fácil, rápido, garantido e barato esperar e fazer tudo conforme o processo tradicional que consiste em pedir o visto de noivado ou conjuge antes de viajar.

      Roberto

  9. Francisco says:

    Caro Roberto,

    Estou sendo convidado por uma agencia de emprego em londres para trabalhar no reino unido. Já está tudo certo e estão apenas aguardando o meu ” de acordo” acompanhado pelo número de registro de trabalhadores( que eu acredito ser nossa carteira profissional de trabalho) para que os advogados da companhia possa dar inicio na solicitação do visto de autorização para trabalho.
    Meu receio é por não conhecer este país, já que pretendo ir com minha familia (esposa e um casal de filhos). O que voce recomenda de acomodação neste primeiro momento? hotel, albergue…

    Francisco.

    • Francisco,

      Tudo depende do seu poder aquisitivo! £££££

      Eu no seu caso, talvez consideraria ir primeiro sozinho, ficando em um albergue nas 2 ou 3 primeiras semanas até conseguir alugar uma casa. Após alugar a casa, traria o restante da família. Um hotel fica em torno de no mínimo 30 ou 40 libras por noite por casal… com filhos é mais caro… Um albergue é mais barato, mas talvez não seja um ambiente apropriado para os seus filhos….

      Para alugar uma casa também pode demorar uns dias (ou semanas)…

      Mas como eu disse, tudo depende do seu poder aquisitivo…

      Roberto

  10. mariana dantas says:

    ola Roberto parabens peli site ,, gosto muito mesmooo.
    Percebo que entendes muito bem de leis imigratorias
    a minha duvida e o seguinte….
    Morei na Florida 10 meses e fk ilegal…retornei ao Brasil e mais tarde
    resolvi voltar e a imigracao nao deixou entrar ,, removeram-me imediatamente para o Brasil e cancelaram o meu visto americano,
    Pretendo voltar mas para o Canada,,,,, quais sao as min has chances de entrar ,,, estou morando em Lisboa …por favor me ajude…

    • Mariana,

      Desconheço informações sobre o EUA e Canadá.

      Sei somente sobre um colega que obteve visto de trabalho para o Canadá, e pelo que ele me contou, ele precisou informar para o governo do Canadá sobre possíveis problemas imigratórios com o EUA.

      Você já procurou informações na embaixada do Canadá ou em sites canadenses?

      Roberto

  11. Francisco M says:

    Caro,

    Muito legal esse blog.

    Gostaria de algumas informações, se possível:

    No próximo ano farei o reconhecimento de minha cidade Italiana, inclusive de meus filhos (mas de minha esposa ainda não vai dar).

    Estamos planejando nos mudar para Londres após esse processo, portanto:

    – Tenho quase 40 anos, e atuo na área de logística e promoções. Vc considera difícul encontrar trabalho, apenasar da minha idade e por ser brasileiro, apesar da cidadania Italiana?
    – Tenho dois filhos de 9 e 12 anos que não falam Inglês. Há algum suporte educaional no país para que eles possam se adaptar?
    – Quanto ao custo de vida. Se somente eu trabalhar por enquanto, para sustentar minha familia, teria que ter uma renda média de quantas Libras (morando por exemplo num flat de 2 quartos)? Umas 3.000 Libras?
    – Quais cidades ao redor de Lodres seriam interessantes também para morar, com um custo de vida mais barato?

    Grande abraço,

    Francisco

    • Francisco

      1. Não acho que a idade seja um problema. Estou na empresa agora e no meio de 30 pessoas posso contar pelo menos umas 15 que têm mais de 35 anos. O que mais influencia é a sua experiência, currículo e principalmente a sua fluência na língua inglesa.

      2. Sim. Mas isso varia de uma localidade para outra. Depende do Council, da escola, etc.

      3. Depende da localidade (preço do aluguel). Moro em um sobrado de 2 quartos e pago 740 libras por mês de aluguel, mas estou a 1:30h de distância do centro de Londres. Mais proximo de londres, seria umas 800-1000 libras por mês para um flat. Mas um flat é mmmmuuuito apertado. Dá uma lida nos artigos sobre custo de vida aqui no site.

      4. O que varia muito é o preço do aluguel. Mas também tem aquilo. Quanto mais barato for o aluguel, provavemente menos emprego tem na região…. Quanto mais longe de Londres, provavelmente o aluguel é mais barato também. Para começar sua pesquisa nos arredores de Londres, talvez seja interessante você procurar nos arredores de Reading, Milton Keynes, etc.

      5. Sua esposa precisará de um visto de Family Permit por não ter a cidadania italiana.

      Roberto

  12. Natalia says:

    Olá Roberto,
    Estou planejando passar 1 ano em Londres, para estudar Inglês e conhecer alguns países próximos.
    Não faço idéia de quanto em dinheiro devo levar para me manter até conseguir um trabalho.
    A escola de Ingles já será paga por um ano antes de partir, e um mês de moradia também.
    Confesso que estou com medo e ansiosa, mas não quero abandonar meus planos.

    Tem idéia do custo mensal em pounds, para morar (lugar mais em conta possível), locomoçao e alimentação?

    Além disso… é muito complicado arrumar um trabalho que possa cobrir pelo menos as despesas mensais?

    Muito obrigada!!!

    • Natalia,

      O custo de moradia depende da região e do imovél que você quer. O lugar também depende das suas prioridades. Por exemplo, provavelmente o mais barato que você encotrará será um quarto em uma “república de estudantes” ou em alguma casa bem próxima a sua escola de inglês. O transporte é caro e você com certeza não irá querer ficar longe da escola.

      Qual é o seu visto? Se for visto de estudante, você não poderá trabalhar.

      Roberto

  13. LUCIANO FERREIRA says:

    Olá Roberto, bom dia, primeiro gostaria de parabenizá-lo pelo site, achei de muita valia para todos que desejam alguma informação sobre Londres e outras cidades. Meu caso é o seguinte, sou casado, tenho 04 filhos menores de 11 anos, sou brasileiro mas tenho nacionalidade portuguesa também, sou advogado aqui no Brasil, mas já morei em Portugal por 06 anos e era encarregado de pintura na construção civil lá, enfim, tenho muita experiência nessas áreas. Contudo, já não estou mais acostumado morar mais aqui no Brasil, principalmente, no interior de Minas Gerais. Por isso, estou querendo me mudar para a Inglaterra, não necessariamente Londres, mas o mais perto que eu puder né, pois acredito que se tem mais trabalho por ai. Portanto, agradeço a vc se puder me dar informações com relação ao meu pensamento, se acha viável, se posso conseguir trabalho para sustentar minha familia, pois falo ingles tambem, se será possivel meus filhos estudarem tranquilamente, tambem sobre a questao da saude caso venha a precisar de um hospital, enfim, se acha que pode ser possivel viver descentemente ai na Inglaterra ou isso é uma loucura. Para terminar eu tenho nacionalidade portuguesa e meus filhos tambem, já minha esposa já sei que vou ter que tirar um family permit para ela, neste caso qualquer informaçao que puder me dar sobre como posso conseguir esse documento ficaria muito agradecido. Mais uma vez, adorei seu site e saiba que é muito bom ter brasileiros como vc por volta planeta com vontade de ajudar as pessoas. Tudo de bom. Se quiser pode me mandar um e-mail tambem. Obrigado

  14. Erika Moraes says:

    Pretendo fazer intercâmbio de 3 meses a partir de dezembro.
    Vc me indica alguma escola, moradia estudantil e coisas do tipo.
    Qual o custo medio de vida?
    Eh mto dificil conseguir um emprego?
    Qual o custo de viagens para outros paises, tipo frança, holanda e etc…

  15. LUCIANO FERREIRA says:

    Olá Roberto, bom dia, primeiro gostaria de parabenizá-lo pelo site, achei de muita valia para todos que desejam alguma informação sobre Londres e outras cidades. Meu caso é o seguinte, sou casado, tenho 04 filhos menores de 11 anos, sou brasileiro mas tenho nacionalidade portuguesa também, sou advogado aqui no Brasil, mas já morei em Portugal por 06 anos e era encarregado de pintura na construção civil lá, enfim, tenho muita experiência nessas áreas. Contudo, já não estou mais acostumado morar mais aqui no Brasil, principalmente, no interior de Minas Gerais. Por isso, estou querendo me mudar para a Inglaterra, não necessariamente Londres, mas o mais perto que eu puder né, pois acredito que se tem mais trabalho por ai. Portanto, agradeço a vc se puder me dar informações com relação ao meu pensamento, se acha viável, se posso conseguir trabalho para sustentar minha familia, pois falo ingles tambem, se será possivel meus filhos estudarem tranquilamente, tambem sobre a questao da saude caso venha a precisar de um hospital, enfim, se acha que pode ser possivel viver descentemente ai na Inglaterra ou isso é uma loucura. Para terminar eu tenho nacionalidade portuguesa e meus filhos tambem, já minha esposa já sei que vou ter que tirar um family permit para ela, neste caso qualquer informaçao que puder me dar sobre como posso conseguir esse documento ficaria muito agradecido. Mais uma vez, adorei seu site e saiba que é muito bom ter brasileiros como vc por volta planeta com vontade de ajudar as pessoas. Tudo de bom. Se quiser pode me mandar um e-mail tambem. Obrigado

  16. ana says:

    bom dia,sou portuguesa e devo ir para londres daqui a 2 meses,o meu marido vai primeiro ja a 22 de setembro e eu vou depois com os nossos 2 filhos.o q me preocupa é escola do mais velho q tem 6 anos,e tb gostaria de saber se é facil arranjar amas ou infantarios,porque tenho um bébé com 10 meses,e queria trabalhar.confesso q estou um pouco assustada mas aqui a vida em portugal está muito dificil,n tenho trabalho á 2anos e o meu marido á 3.e temos vivido só do desemprego dele,e agora que está a acabar temos mesmo q ir embora.gostaria de saber mais sobre londres,o modo de vida,o meu principal medo é o arranjar sitio para ficar.obrigado pe-la atenção

  17. Letícia Gomes says:

    Estou procurando hospedagem em Milton Keynes e que não seja tão caro, mas não encontrei de forma alguma. Quero passar de três a quatro semanas. Alguma dica de site? Ou que possa me ajudar em relação a isso…Obrigada

  18. Amanda says:

    Olá Roberto, como já disseram varias vezes, parabéns pelo site é muito esclarecedor.
    Mas eu gostaria de saber se você poderia me ajudar. Moro em Londres com meu namorado, vim com visto de turista, e esse vence agora, final de setembro, corri atras pra ver se conseguiria mudar meu visto pra um visto de união estável, mas me disseram que não consigo por não morar com ele à 2 anos, mas se eu for em algum advogado, e falar que moro com ele à 2 anos, será que conseguiria o visto, e como conseguiria provar que tenho uma união estável?
    outra pergunta, se eu não conseguir esse visto, pretendo ficar aqui ilegal até fevereiro, porém gostaria de saber, se eu decidir voltar pra cá, apenas por passeio mesmo, meu novo visto será vetado, por eu ter ficado ilegal, não pretendo voltar já, mas não sei o que o futuro me reserva, então não gostaria de ter esse problema. Desde já muito obrigada

  19. Flávia says:

    Ola, adorei as informações nesta pagina, gostaria tb de um help. Bem, em 2008 eu fiz um intercambio cultural para a Irlanda, e la conheci um britanico, pelo qual nos apaixonamos, eu voltei para o Brasil em 2010 e aqui permaneci por um ano por conta do meu emprego, porem continuamos relacionando online, ele veio ao Brasil durante o ano que estava aqui, conheceu minha familia, e eu acabei indo para Londres em janeiro deste ano, com visto de estudante Tier 4, meu visto venceu em outubro e eu retornei ao Brasil. Agora estamos querendo dar entrada no visto de noivos, ou de casarmos aqui no Brasil e pedir o visto de esposa. Porem muitas são as histórias, de que visto de noiva é dificil de tirar, e ai bate aquele medo, mesmo tendo a certeza de que sempre fazemos tudo dentro da lei do Home Office. Eu gostaria de saber, se vc tem algum exemplo de gente conhecida, ou se conhece alguem que ja passou por isso, e se foi tranquilo e quanto tempo leva o processo. Se para o Home Office seria melhor que eu aqui no Brasil tivesse uma renda ou se só a renda do meu companheiro for o suficiente. Atenciosamente.

  20. Brazilian says:

    Custo de vida de Londres é caro meeesmo por isso que eu prefiro morar no norte

  1. 18 de February de 2012

    You should check this out…

    […] Wonderful story, reckoned we could combine a few unrelated data, nevertheless really worth taking a look, whoa did one learn about Mid East has got more problerms as well […]……