Os britânicos acreditam em Deus?

Hoje, o teísmo (crença em Deus) está perdendo força na maior parte dos países da União Européia, muito devido à laicidade. A laicidade é uma doutrina filosófica que defende e promove a separação do Governo e da Igreja.

Quando falo de Igreja e crença em Deus, estou me referindo a qualquer igreja e a “qualquer” Deus, idependente da crença ou religião. Ou seja, esse texto e a pesquisa que será citada abaixo tanto serve para católicos como protestantes, evangélicos, budistas, mulçumanos, etc.

Em alguns países muito religiosos da Europa como Turquia, Portugal e Itália, ainda é comum a existência de ações políticas ou partidos políticos associados a Igrejas, assim como no Brasil existe tal relação.

Porcentagem de pessoas na União Européia que acreditam em um Deus

Porcentagem de pessoas na União Européia que acreditam em um Deus

Mas atualmente, muitos países estão tendo seus governos cada vez mais desvinculado de Igrejas, como por exemplo o Reino Unido, que tem pouquíssima representação parlamentar de membros clérigos e vê maior envolvimento religioso nas ações relacionadas a monarquia, que na prática não regula o país.

A maioria dos países da União Européia tiveram um declínio na freqüência à igrejas nos últimos anos, bem como uma diminuição do número de pessoas que confirmam ter uma crença em um Deus.

Uma pesquisa realizada em 2005 constatou que, em média, 52% dos cidadãos da União Européia acreditam em um Deus, 27% acreditam que existe algum tipo de espírito ou força de vida, e 18% não acreditam que existe algum tipo de espírito, Deus ou Força Vital regendo a humanidade. 3% não quiseram responder.

De acordo com um estudo recente (Dogan, Mattei, crenças religiosas na Europa: Fatores de declínio acelerado), 47% dos franceses declararam-se como agnósticos ateístas, em 2003. Ou seja, 47% dos franceses afirmam que não sabem da existência de algum Deus e não têm fé em nenhum.

A diminuição da religiosidade e a baixa freqüência à igrejas na Europa ocidental (especialmente a Holanda, Bélgica, o Reino Unido, França, Alemanha, Finlândia, Noruega, Suécia, Dinamarca, Espanha, ea República Checa) tem sido notada e esse movimento tem sido chamado de “Europa Pós-Cristã” .

Vários desses países têm permitido recentemente o casamento de pessoas do mesmo sexo, apesar da resistência maciça da Igreja Católica e outros grupos religiosos.

Abaixo você pode ver uma lista de países europeus, classificada pela religiosidade, baseada na crença em um Deus, de acordo com a pesquisa realizada em 2005.

A pesquisa perguntou se a pessoa, independente da religião, acredita que “há um Deus”, acredita que “há uma espécie de espírito de força de vida” ou que “não acredita que haja qualquer tipo de espírito, Deus ou força da vida”.

Observe que o Reino Unido (composto por Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte) é um dos países com menos pessoas acreditando em um Deus (apenas 38%). Visitando as igrejas no país, não é difícil constatar a pouca frequência de fiéis, independente da religião ou crença. Muitos dos fiéis que ainda vão às igrejas são pessoas idosas, sendo nítida a falta de jovens e crianças que geralmente constiuem o futuro das instituições religiosas.

Atualmente, o forte movimento imigratório de pessoas de outros países para a União Européia tem levemente modificado esse cenário, onde religiões evangélicas da América Latina, prebisterianas da África, mulçumanas do Oriente Médio, Ásia e África e Orientais da Ásia têm se infiltrado cada vez mais e demonstram acentuado crescimento dentro dos países da União Européia.

Porcentagem de pessoas religiosas nos países da União Européia

Porcentagem de pessoas religiosas nos países da União Européia

You may also like...

6 Responses

  1. Elrick says:

    Ateístas,ateus,agnósticos são grupos de pessoas que tiveram ou tem alguma frustação de orígem familiar.Sem problema,desde que não venham quererem nos impor os seus vazios existenciais em nossas vidas.O próximo caminho na rabeira do agnoticismo, será a implantação da pedofilía como opção e direito daqueles que se acham engrenados nas fileiras do pensamento pós-moderno,do politicamente correto e suas inclusividades.E o louco ainda sou eu?VADE RETRO zebuiada DOS QUINTOS!!!!

  2. Matt Saints says:

    1º oque a pedofilia tem aver com os ateus? desculpe nao sei qual é sua religiao, mas se voce pesquisar um pouquinho voce vai ver que existem muitos padres pedofilos, e alguns deles ainda dizem que recebeu uma voz divina de que tinha que fazer isso ou aquilo!
    você esta sendo hipocrita generalizando, é mesma coisa que eu dizer que todos padres “comem” criancinhas, Religiao é um assunto complicado, você pode crer ou nao crer no que quiser, isso é um direito, e isso nao influencia em nada, nao muda carater, pare de assistir datena, ele é um sensacionalista que qualquer crime que acontece ele bota a culpa nos ateus, Teistas nao fazem coisas erradas muitas vezes por medo de deus ou de ir pro inferno, Ateistas nao fazem as coisas por terem bom senso, basta isso… voce nao pode generalizar, do mesmo jeito que tem muitos muçumanos que nao sao terroristas, aqui no brasil mesmo, entao estude um pouco, conheça as coisas antes de abrir a boca e falar merda, (com todo respeito, voce esta se preciptando ao dizer isso) sou ateu e vejo pessoas que creem em deus fazerem muitas coisas extremamente erradas ok? entao por favor RESPEITO….

    sao por causa de TEISTAS como voce, que faz com que nós ateus odiamos voces, voces nao tem bom senso, voces nao sabem argumentar, primeiro de tudo estude e evolua, depois critique, eu odeio religiosos por eles nos julgar inferiores, e querem que nos acreditamos no que eles acreditam, mas mesmo odiando, eu os respeito, coisas que muitos nao sabem fazer, alem de odiar ateus simplesmente pelo fato de nos nao acreditarmos em deus, alem da falta de respeito, sem fudamento nenhum… obrigado espero que tenha entendido o recado!

  3. Brazilian says:

    nossa.. que triste isso :( com todo respeito aos ateus mas eu não entendo como alguém consegue viver sem religião..

  4. Priscila Dantas de Lima says:

    Sou Budista, e acreditamos em “lei de causa e efeito”,tudo que eu fazer de ruim as pessoas, vai voutar pra mim, se eu fazer coisas boas, o mesmo;Se afirmamos que tudo que acontece com nosco é porque Deus quis assim,então ele não é justo.Porque uns nasse rico e outro pobre? Ele não é pai? Iria querer o bem de todos os filhos,não é? acreditamos em vidas passadas, então se nassi numa condição mizeravel, é porque em vidas passadas causei sofrimentos as pessoas, e não porque Deus qui assim.

  1. 7 de February de 2012

    …[Trackback]…

    Reply post here…

  2. 9 de February de 2012

    …[Trackback]…

    New and improved article…